Nattefrost - Hell Noise And Live Terrorism




Track Listing:

1. Puritanical Blasphemy
2. It All Ends Like This
3. Cunts, Slut's And Wanker's
4. Sdsprudeårhundremedår
5. The Devil And The Beast Within
6. Dinsadansdjeveldyrkår (reh. 2004)
7. Slut's of Hell (Live)
8. Disgusting Infernal Chaos (Live)
9. Nekronaut (First Version) (Live)
10. Dinsadansdjeveldyrkår (Live)

Download

Nattefrost - Blood And Vomit




1. Ancient Devil Worshipping
2. Slut's of Hell
3. Satanic Victory
4. Universal Funeral
5. The Art of Spiritual Purification
6. Sanctum 666
7. Whore (Filthy Whore)
8. Mass Destruction
9. Nattefrost Take's A Piss
10. The Gate of Nanna (Beherit cover)
11. Still Reaching For Hell



Download:http://www.4shared.com/rar/eUQ5Jv1x/nattefrost_-_blood_and_vomit.html

Armaggedon - Possesed By Satan




Track Listing:

1. Possessed By Satan
2. Anti You (Untermenschen Genocide)
3. Kill The Koward Khrist
4. Sado Terrorism (Or The Nuklear Sodomy)
5. Conqueror's of Imperial Hell
6. Human Holocaust
7. Immortal Wind's of Blashyrkh
8. Shadow's Over The Night

Download

Armaggedon - Imperium Wird Durch Das Blut Wieder Auleben




Track Listing:

1. Darkness & Hate
2. Crushing The Bastard
3. Open the Gate's of Hell
4. Fullmoon Apocalypse
5. Conqueror's of Imperial Hell
6. Masturbate On The Altar of God
7. So Cold In Transylvania
8. The Gate of Nannah (Beherit cover)

Download

Sodom - (Demos) 1982 - 1984





 Witching Metal (Demo) (1982)



Tracklist:

01 - Devil's Attack
02 - Witching Metal
03 - Live From Hell
04 - Poisoned Blood




Victims of Death (Demo) (1984)





Tracklist:


01 - Witchhammer
02 - Devil's Attack
03 - Lets Fight In The Darkness of Hell
04 - Victims of Death
05 - Live From Hell
06 - Poisoned Blood
07 - Satan's Conjuration
08 - Witching Metal

Download








Sodom - M -16 (2001)

Postando esse album a pedido de um amigo que considero pra caralho, ta ae Flavio!! Faça bom proveito irmao!





Tracklist:



01 - Among The Weirdcong
02 - I Am The War
03 - Napalm In The Morning
04 - Minejumper
05 - Genocide
06 - Little Boy
07 - M-16
08 - Lead Injection
09 - Cannon Fodder
10 - Marines
11 - Surfin' Bird (The Trashmen Cover)
12 - Witching Metal (Bonus)
13 - Devils Attack (Bonus)

Nocturnal Worshipper(Bra) - Lords of Occultism (1994)


Tracklist:
1. On High in the Heckti Mountain (Intro) - Fury of Demoniac Harvest
2. Cerimonial Circle
3. Spectre Shadows
4. Ancient Flames of Darkness

Download

Blasphemy - Spirits Satanist





Gênero : Black Metal
Ano : 1990

01. In Nomine Sathanas / Demoniac
02. War / Ritual
03. Intro
04. I Deny Jesus Christ / Weltering In Blood
05. Spirits Satanist / Blasphemy
06. Hail Sathanas / Blasphemous Attack
07. In Lenguage of Sathanas / Nocturnal Slayer
Agradeço ao blog Necrose Download por disponibilizar este album! \m/

Astarte - Discografia

Postando coisa nova no blog , uma banda feminina de Black Metal grega, formada em 1995 (como Lloth) e baseada em Atenas.Vale a pena conferir !

 
 Dancing In The Dark Lakes Of Evil - EP (1997):



Doomed Dark Years (1998)



Rise From Within (2000)




Quod Superius, Sicut Inferius (2002)



Sirens (2004)



Demonized (2007)




Venom : "Fallen Angels" será lançado em abril aqui no Brasil

Trazendo a noticia sobre o ultimo album do Venom "Fallen Angels" que sera lançado aqui no Brasil.


Promo photo 2011 em Promo Photos - New por
"O último álbum do Venom, "Fallen Angels", será lançado no Brasil através da gravadora Hellion Records. O novo disco marcou o retorno da banda após três anos fora de cena e está sendo muito bem aceito pelos fãs. A edição que será lançada pela Hellion Records trará duas faixas bônus, “Annunaki Legacy” e “Blackened Blues”, além das treze originais. A edição nacional de "Fallen Angels" chegará às lojas em abril, na mesma época em que o Venom estará em território brasileiro como um dos headliners do festival Metal Open Air."


Fonte: Noticia retirada do blog = http://kommandoblackmetal.blogspot.com.br/

Emperor - Scattered Ashes - A Decade Of Emperial Wrath (2003)

Scattered Ashes - A Decade Of Emperial Wrath (2003)- CD I

Tracklist:

  1. "Curse You All Men!"
  2. "The Tongue of Fire"
  3. "The Majesty of the Nightsky"
  4. "Cosmic Keys to My Creations and Times"
  5. "Wrath of the Tyrant"
  6. "The Loss and Curse of Reverence"
  7. "An Elegy of Icaros"
  8. "I Am the Black Wizards"
  9. "Thus Spake the Nightspirit" (live)
  10. "Ye Entrancemperium"
  11. "In the Wordless Chamber"
  12. "With Strength I Burn"
  13. "Inno a Satana"


Scattered Ashes - A Decade Of Emperial Wrath (2003)- CDII


Tracklist:

  1. "A Fine Day to Die" (Bathory cover)
  2. "Ærie Descent" (Thorns cover)
  3. "Cromlech" (Darkthrone cover)
  4. "Gypsy" (Mercyful Fate cover)
  5. "Funeral Fog" (Mayhem cover feat. Attila Csihar)
  6. "I Am"
  7. "Sworn (Ulver remix)"
  8. "Lord of the Storms"
  9. "My Empire's Doom"
  10. "Moon over Kara-Shehr" (rehearsal)
  11. "Ancient Queen"
  12. "Witches' Sabbath"
  13. "In Longing Spirit"
  14. "Opus a Satana" (orchestral version of "Inno a Satana")

 Download Álbum




Nargaroth - Herbstleyd - Demo (1993)




Tracklist:


1.Intro - Arise and Disgust / Herbstleyd
2.Karmageddon
3.Nargaroth - Symphonie ewigen Lebens
4.Das schwarze Gemälde
5.Frozen Emotions in the Naked Northwind (Des alten Kriegers Seelenruh')
6.Into the Void
7.Shall We Begin
8.Herbstleyd (Rehearsal)
9.Karmageddon (Rehearsal)


Download Álbum




Nargoroth - Orke - Demo (1991)




Tracklist:
01 - Barnedöd
02 - Det Lys Aldri I Livet Orke
03 - Asgardsrei
04 - Getragen Von Valkyren
05 - Nag Ur Sol
06 - Escape Through the Gates to the Stars
07 - Nadedöd
08 - Auf Dem Grunde Des Sees Ruhend



Download Álbum


Nargaroth - Amarok (2000)


Tracklist:

1. Herbstleyd 
2. Black Spell Of Destruction (Burzum Cover) 
3. Shall We Begin 
4. Into The Void 
5. Amarok - Zorn Des Lammes Part II 
6. As the Stars Took Me With 'Em



Download Álbum

Nargaroth - Black Metal Ist Krieg (2001)


Tracklist:

  1. "Introduction" – 2:13
  2. "Black Metal ist Krieg" – 5:01
  3. "Far Beyond the Stars" (Azhubham Haani cover) – 4:48
  4. "Seven Tears are Flowing to the River" – 14:47
  5. "I Burn for You" (Lord Foul cover) – 2:56
  6. "The Day Burzum Killed Mayhem" – 9:20
  7. "Píseň pro Satana" (Root cover) – 2:40
  8. "Amarok - Zorn des Lammes III" – 9:30
  9. "Erik, May You Rape the Angels" – 6:58
  10. "The Gates of Eternity" (Moonblood cover) – 5:04
  11. "Possessed by Black Fucking Metal" – 6:33

Download Álbum

Breve Entrevista com Varg Vikernes

Por favor me diga seu nome completo, idade e local onde se encontra.
Meu nome completo é Varg Vikernes. Nasci no dia 11 de fevereiro de 1973, e no momento estou na prisão Trondheim.

Qual o motivo exato de sua condenação?Eu fui condenado por: roubo e possessão de 125 kg de dinamite e 26 kg de glinite (outro tipo de explosivos); incêndio premeditado de quatro templos judeus (igrejas), dos quais três queimaram até virarem cinzas; três casos de invasão de propriedades privadas (em busca de armas, alguns disseram); assassinato em primeiro grau (apesar de ter sido um assassinato em segundo grau na verdade); e... bem, acho que isso é tudo. Eu fui acusado também de ter incendiado um quinto templo judeu (Fantoft Stavechurch); um ou dois casos de violação de túmulos; e eles também apreenderam aproximadamente 3000 balas de rifle e pistolas (mas a polícia apenas pegou essa munição, e nem ao menos mencionou-a na lista de itens confiscados). Eu fui considerado inocente no incêndio da igreja Fantoft, e o próprio promotor chegou a aconselhar o juri a não me considerar culpado destas acusações simplesmente porque eram muito ridículas e porque não havia prova alguma de que eu tinha feito coisas como essas, como violar túmulos! Eu mesmo disse à corte que eu era culpado do roubo e posse da dinamite/glinite, e também confessei que era culpado de homicídio doloso em defesa própria. Eu quis dizer que foi algo em defesa própria, mas depois entendi que na visão deles, no sistema legal deles, era chamado legalmente de homicídio doloso, já que eu não estava mais em uma posição onde minha vida estava diretamente ameaçada, pois o Aarseth (o cara que eu matei) estava fugindo de seu apartamento quando eu o matei. Não houve prova nenhuma em nenhum dos casos de que fui acusado, a não ser na história da dinamite/glinite, é claro... Afinal eles encontraram 150 kg de explosivos no meu sótão...

Você diz que o fundador do Mayhem, Øystein Aarseth, foi assassinado em defesa própria? Por que motivo ele queria matar você então?Ele queria me matar por várias razões. Eu saí de sua gravadora, e fazendo isso o deixei apenas com algumas bandas que vendiam muito pouco (Abruptum, e algumas outras merdas). Eu fiz ele parecer um idiota completo em várias ocasiões, por exemplo, eu dava risada na frente dele enquanto desmascarava todas as mentiras que ele contava. Eu comecei a espalhar propaganda racista em nosso meio. Mas, o que é mais importante, eu comecei a ser mais interessante para a mídia do que ele. Por alguma razão era muito importante para ele ser o centro de tudo. Eu ganhava mais atenção porque de fato fazia as coisas que dizia, enquanto ele apenas ficava falando e falando, então depois de um tempo ninguém mais o levava a sério, pois todos viam que ele era apenas uma pessoa com muita conversa e nenhuma ação. Ele me culpava por isso, já que eu era a pessoa que ele acreditava ser responsável por fazê-lo parecer um covarde (o que ele era, é claro). Você deve se lembrar de que ele foi o centro do movimento por um longo tempo; ele tinha 25 anos de idade, enquanto eu tinha apenas 19 (e 20 quando o matei), e ele ficou seriamente ofendido quando as pessoas começaram a me ouvir ao invés de ouvir a ele. Ele era um comunista, e odiava o fato de que todo mundo estava muito mais interessado no meu nacionalismo e minha visão racista, isto é, depois de um tempo, é claro. Ele não gostou do jeito que as coisas se desenrolaram e queria acabar com isso, me matando. Primeiro ele tentou encontrar provas contra mim por vários crimes que ele sabia que eu tinha cometido, mas ele não conseguiu encontrar nada. A razão pela qual eu o desrespeitava era simplesmente esta: ele era completamente incompetente e incapaz de administrar sua gravadora com eficiência. Ele era cheio de grandes palavras e nunca fazia nada daquilo que prometia. Ele tinha verdadeira obsessão por seus pensamentos Satanistas, enquanto eu queria espalhar o Odinismo na cena (e ele me odiava por isso também). Ele era ridículo, via filmes pornô o tempo todo, e nós até mesmo desconfiávamos que ele era bissexual ou homossexual! Eu não queria saber de nada que tinha a ver com ele, e eu nunca fiz nada para esconder meu ódio por ele. Ele era um porco, e eu dizia isso a todo mundo! Eu estava meio puto porque tinha gastado muito tempo, fé e energia em sua gravadora, e tudo foi desperdiçado! Eu era jovem, certo, mas ainda me sentia um idiota por ter acreditado em sua gravadora no começo. Resumindo, eu tinha muitos motivos para odiá-lo, e por causa do meu modo de lidar com este ódio (que era respeitado por todo mundo) ele também tinha muitos motivos para me odiar; eu disse a verdade sobre ele, e com certeza a verdade muitas vezes é desconfortável! Eu disse e ainda digo que eu o matei em defesa própria, simplesmente porque foi ele quem me atacou quando eu apareci em seu apartamento naquela noite para dizer a ele para parar de me encher o saco. Ele queria me torturar até a morte, filmando tudo e vendendo o filme para outras pessoas e eu sabia disso porque um amigo dele me contou. Ele me atacou e tentou me matar (com uma faca). Por pouco ele não conseguiu, mas eu sabia que se eu não acabasse com "o show" lá eu estaria apenas dando a ele uma segunda chance e é claro que eu não vi nenhum motivo para deixar isto acontecer. E se ele tivesse mais sorte na segunda vez? É por isso que eu digo que foi em defesa própria. No começo era defesa própria, até mesmo legalmente, mas quando ele começou a fugir não era mais legalmente defesa própria, e então eu chamo este assassinato de ação preventiva, defesa própria preventiva.

O que é o Inner Circle? Você ainda é ativo nele?Ha ha, eu estou surpreso por ainda me perguntarem isso. Nunca existiu um "Inner Circle", exceto na cabeça de Aarseth/Euronymous, que queria se fazer mais interessante criando algo como um "misterioso Inner Circle". Era apenas um produto da fantasia dele que nunca existiu. As revistas de música britânicas engoliram esta história estúpida, ou apenas fingiram acreditar para ter alguma coisa sobre o que escrever. Eu não sei. Apesar disso, eu devo dizer que nós - outros caras que tocavam metal - também encenávamos e não fazíamos nada para desmentir a existência deste Inner Circle, não fazíamos nada para espalhar que era apenas um produto da imaginação de Aarseth. Agora que eu estou falando sobre isso, posso dizer que esta foi mais uma das mentiras de Aarseth que eu fiz questão de desmascarar, e uma outra razão para ele me odiar ou me matar antes de parecer um idiota completo ao mundo.



Varg Vikernes, Burzum e a sua "Magia"



Kristian Larssøn Vikernes (também conhecido pelo pseudónimo Count Grishnackh) é um musico de Black Metal Norueguês, que em Agosto de 1993 assassinou Øystein Aarseth, mais conhecido por Euronymous, na altura companheiro de banda em Mayhem. No julgamento Vikernes foi ainda acusado de estar envolvido em 4 incêndio de igrejas na Noruega, tendo sido declarado culpado por 3 dos casos.
Desde cedo que Vikernes se fez notar no plano musical da Noruega. Em 1988 fundou a sua primeira banda, Kalashnikov, devendo-se o nome desta à sua paixão por jogos RPG, onde equipava sempre o seu personagem com uma AK-74. Mais tarde acabou por alterar o nome da banda para Uruk-Hai devido às influências de jogos como Dungeons And Dragons, Middle-Earth Role-Playing e claro, os livros de Tolkien.
Em 1989 Vikernes conheceu os Old Funeral, onde tocou durante 2 anos, deixando para trás todo o projecto de Uruk-Hai. Como o próprio afirma, na altura em que começou a tocar em Old Funeral, a banda passou de um muito bom Techno-Thrash para um aborrecido Death Metal, sendo esta a razão pela qual acabou por deixar a banda.
Em 1991 surgiu Burzum (palavra que significa “escuridão” no Dialecto Negro, retirada dos livros de Tolkien). Segundo Vikernes, a ideia que tinha com Burzum era, não apenas criar musica original e mais pessoal, mas também criar algo de novo, uma “escuridão” neste tão iluminado, seguro e aborrecido mundo.
Em 1992 entrou como baixista para Mayhem, mas continuando sempre com Burzum em primeiro plano.
Como o próprio Varg Vikernes afirma, nunca fez musica com a intenção de ficar rico ou famoso, a sua motivação, e essencialmente no projecto Burzum, era o desejo de experimentar “a magia”, e tentar criar uma realidade alternativa através do uso “da magia”. Esta magia e ambiente mágico que Varg usa para descrever este projecto começou bem cedo, com a adopção de um pseudónimo, Count Grishnackh, pois como o próprio afirma ”Se as pessoas soubessem que Burzum era apenas a banda de um adolescente, isso iria por certo estragar a magia”.”A minha intenção não era ser conhecido, mas sim dar a conhecer Burzum... E quando uma vez um jornal usou o meu nome real, Kristian Vikernes, em vez do pseudónimo, eu fiquei horrorizado, e foi isto que realmente alterou toda a escala e me fez ir de vez mudar o meu nome legalmente. De maneira alguma eu iria deixar a magia de Burzum ser destruída por uma coisa deste tipo”.
O que o inspirava a fazer musica também é algo um pouco estranho. Na sua adolescência, ele e os seus amigos de RPG pegavam nalgumas espadas, lanças e “mocas” de madeira e iam para a floresta lutar uns com os outros. Inicialmente Vikernes começou estas lutas com os amigos de RPG, mas quando conheceu Old Funeral (e mais tarde também Immortal) também estes começaram a ir para a floresta “brincar” às guerras medievais (quando Varg foi preso por matar Euronymous estas lutas foram descritas pela imprensa como “nocturnal Satanic rituals”). “O ambiente da floresta, o ambiente da noite, o ambiente do antigo e sagrado local, a dor dos ferimentos, o sabor das agulhas dos pinheiros, do chão e do sangue, e o cheiro a madeira queimada... Essa era a minha inspiração”.
Toda esta magia por si criada em redor do projecto Burzum, era apenas necessária por este não estar satisfeito com o mundo real. Como Varg afirma “não havia aventura, nem medo ou Trolls, Dragões ou Zombies. Não havia magia. Então entendi que precisava ser eu próprio a criar esta magia”.
“Fiquei bastante triste por ver que toda esta magia havia sido destruída ou pelo menos reduzida em 1993, quando a imprensa começou a escrever sobre ela, e montes de bandas country, rock e Death Metal da Noruega, de um momento para o outro, começaram a pintar o cabelo de preto, a pintar o corpo e a tocar Black Metal... Para serem famosos, ganhar dinheiro e arranjar raparigas, e não para mudar o mundo... Eles não pareciam pensar sequer na magia...”.
Ao criar Burzum, a esperança de Varg era que este projecto pudesse inspirar as pessoas a desejar uma nova e melhor realidade neste mundo

Ulver - Discografia




Ulver - Vargnatt (1993)

1.Her Begynner Mine Arr...   03:12   
2.Tragediens Trone   04:01   
3.Trollskogen   04:31   
4.Ulverytternes Kamp   05:40   
5.Nattens Madrigal   06:28   
6.Vargnatt   04:15
Total playing time   28:07

 
Download Here

Ulver - Mysticum / Ulver (1994)


Mysticum
1.   Mourning   04:21   
Ulver
2.   Ulverytternes kamp   06:30   
Total playing time   10:51

 
DESCARGAR

Ulver - Bergtatt - Et Eeventyr i 5 Capitler (1994)

1. Chapter I : Lost in a Forest of Trolls
2. Chapter II : The Sun goes down Behind the Hills
3. Chapter III : She Noticed she was being Watched
4. Chapter IV : A Voice is Calling
5. Chapter V : Into the Chambers of the Mountain

Download Here

Ulver - Kveldssanger (1995)

1. East of the Sun and West of the Moon
2. Words
3. Mountaintop Picture
4. Night Time
5. Twilight Song
6. Nature Mystic
7. A Cappella (Song of the Soul)
8. The Heart's Woe
9. Clad in Colours of the Night
10. Halling
11. Exodus
12. Drowsiness on the Faerie Mound
13. The Black of a Wolf

Download Here !

Ulver - Nattens Madrigal - Aatte Hymne til Ulven i Manden (1996)

1.   Hymne I - Wolf and Fear   06:16   
2.   Hymne II - Wolf and the Devil   06:21   
3.   Hymne III - Wolf and Hatred   04:48   
4.   Hymne IV - Wolf and Man   05:21   
5.   Hymne V - Wolf and the Moon   05:14   
6.   Hymne VI - Wolf and Passion   05:48   
7.   Hymne VII - Wolf and Destiny   05:32
8.   Hymne VIII - Wolf and the Night   04:38
Download Here !

Ulver - Themes From William Blake's The Marriage of Heaven and Hell (1998)



1.   The Argument Plate 2   04:03
2.   Plate 3   02:48
3.   Plate 3 Following   01:33   
4.   The Voice of the Devil Plate 4   02:49   
5.   Plates 5-6   02:31   
6.   A Memorable Fancy Plates 6-7   04:24   
7.   Proverbs of Hell Plates 7-10   09:06
8.   Plate 11   02:01   
9.   Intro   03:26   
10.   A Memorable Fancy Plates 12-13   05:59   
11.   Plate 14   02:08   
12.   A Memorable Fancy Plate 15   04:51
13.   Plates 16-17   03:17
DESCARGAR

Ulver - Metamorphosis (1999)

1.   Of Wolves & Vibrancy   04:45   
2.   Gnosis   07:59
3.   Limbo Central [Theme from Perdition City]   03:36   
4.   Of Wolves & Withdrawal   08:54
DESCARGAR

Ulver - Perdition City (2000)


1.   Lost in Moments   07:16
2.   Porn Piece or The Scars of Cold Kisses   07:08   
3.   Hallways of Always   06:35   
4.   Tomorrow Never Knows   07:59   
5.   The Future Sound of Music   06:39   
6.   We are the Dead   03:41
7.   Dead City Centres   07:10   
8.   Catalept   02:15   
9.   Nowhere/Catastrophe   04:48

DESCARGAR

Ulver - Silence Teaches You How to Sing (2001)


Limited to 2000 copies
1.Silence Teaches You How to Sing   24:05   

DESCARGAR

Ulver - Lyckantropen Themes (2002)

1.   Theme 1   01:21   
2.   Theme 2   01:37   
3.   Theme 3   07:13   
4.   Theme 4   02:14   
5.   Theme 5   04:48   
6.   Theme 6   02:41   
7.   Theme 7   02:38   
8.   Theme 8   04:17   
9.   Theme 9   05:50   
10.   Theme 10   03:44   
Total playing time   42:21
DESCARGAR

Ulver - Teachings in Silence (2002)

1.   Silence Teaches You How to Sing   24:05   
2.   Darling Didn't We Kill You?   08:52   
3.   Speak Dead Speaker   09:33   
4.   Not Saved   10:29   

DESCARGAR

Ulver - 1993-2003: 1st Decade In The Machines (2003)

1.   Crack Bug   03:33   
2.   A Little Wiser Than The Monkey, Much Wiser Than Seven Men   07:56   
3.   Track Slow Snow   06:32   
4.   Lyckantropen (Remix)   04:03   
5.   Lost In Moments (Remix)   02:41   
6.   Bog`s Basil And Curry Powder Potatos Recipe   05:05   
7.   Der Alte   04:38   
8.   He Said - She Said   07:03   
9.   I Love You, But I Prefer Trondheim Pts. 1-4   10:22   
10.   Only The Poor Have To Travel   04:11   
11.   Ulvrmxsw5   06:46   
12.   Wolf Rotorvator   03:31   
13.   The Descent Of Men   02:23   
14.   Vow Me Ibrzu   10:00
DESCARGAR

Ulver - A Quick Fix of Melancholy (2003)

1.   Little Blue Bird   06:35   
2.   Doom Sticks   04:40   
3.   Vowels   06:18   
4.   Eitttlane   05:22   


Download Here !

Ulver - Svidd Neger (2003)


1.   Preface   01:42   
2.   Ante Andante   00:53   
3.   Comedown   02:19   
4.   Surface   03:17   
5.   Somnam   02:41   
6.   Wildcat   02:32   
7.   Rock Massif pt1   01:41   
8.   Rock Massif pt2   02:05   
9.   Poltermagda   00:28   
10.   Mummy   01:02   
11.   Burn The Bitch   00:52   
12.   Sick Soliloquy   00:21   
13.   Waltz of King Karl   03:17   
14.   Sadface   02:43   
15.   Fuck Fast   00:20   
16.   Wheel of Conclusion   06:26


Download Here !

Ulver - Blood Inside (2005)

1.   Dressed In Black   07:06   
2.   For the Love of God   04:11   
3.   Christmas   06:15   
4.   Blinded by Blood   06:22   
5.   It Is Not Sound   04:37   
6.   The Truth   04:01   
7.   In the Red   03:30   
8.   Your Call   06:07   
9.   Operator   03:36   


Download Here !

Ulver - Shadows of the Sun (2007)
 ! 

1.   Eos   05:05
2.   All the Love   03:42
3.   Like Music   03:30   
4.   Vigil   04:27   
5.   Shadows of the Sun   04:36
6.   Let the Children Go   03:50
7.   Solitude (Black Sabbath cover)   03:53
8.   Funebre   04:26
9.   What Happened?   06:25   


Download Here !



Fonte:http://www.metalminos.com